Lúpulo, flor de lúpulo

Atualizado: 12 de mai.

Humulus lupulus, variação: lupulus, cordifolius, americanus, neomexicanus, pubescens.

Por Clarissa Taguchi.


A flor de lúpulo é uma PANC? Sim!!!! Utilizada na fabricação da cerveja, é essa florzinha quem dá o sabor pungente, amargo, refrescante da cerveja!


Vista como ornamental ou erva daninha, até que algum cervejeiro da antiguidade resolveu colocar suas flores e sua infusão numa barrica, e então... Nasce a cerveja que hoje conhecemos!


Com propriedades antibióticas e antifúngicas, esta plantinha ajudou nossa adorada bebida a atravessar o Oriente e novos continentes nos tempos da navegação. Pois afinal, como poderíamos fabricar cerveja sem cevada?


E qual o gosto? É de cerveja?


Não!! O lúpulo dá sabor à cerveja, seu sabor é mais acentuado nas fermentações que utilizam as flores frescas, e as melhores cervejas são aquelas que utilizam as flores recém colhidas! Mas o lúpulo não tem gosto de cerveja... Ele é perfumado, cítrico ou terroso, dependendo de sua variação. É quase um tempero que combina com pratos doces e salgados. E para ser bem honesta, trabalhar com lúpulo é um verdadeiro encanto :)


Tive uma grande oportunidade de vivenciar a cadeia do lúpulo, junto à Moema Cordeiro, pioneira no cultivo de lúpulo no Estado do Rio. Na serra de Nova Friburgo, cidade repleta de água pura para os cervejeiros de plantão, local onde morei por um bom tempo e pude trabalhar com o lúpulo cultivado por ela. Incentivadora e entusiasta, por quase um ano, Moema insistia para que eu testasse alguma receita. Por conta dela, aprendi as sutilezas de cada variação da espécie.


No começo, acreditava que era impossível trabalhar uma culinária com lúpulo. Achava o gosto pior que fel, amargo que só. Mas com a paixão da Moema, fui entendendo suas nuances de sabor. E com o seu incentivo, as ideias foram surgindo. Demoraram alguns meses, até anos, mas surgiram. E hoje, sei que é possível criar um banquete perfumado e delicioso com o lúpulo!


Uma plantinha extraordinária à culinária, mas que requer um tempo para entendê-la, pois possui nuances de sabor e aroma muito extensas, e qualquer variação físico química é capaz de modificá-las por completo.


Trabalhar com lúpulo foi um verdadeiro teste para mim, um laboratório que


chama você a estar perto do cultivo. Chegamos a fabricar a geleia de lúpulo e o tempero pronto de lúpulo e macela pela PANCS Brasil. Sei que muitos tem saudade, mas é provisória, logo teremos mais sabores biodiversos para usar no dia-a-dia através da A.PlantZ.


E para os que querem saber mais, o lúpulo possui propriedades antimicrobianas, anti-inflamatórias, fitoestrogênicas e calmantes, sendo insumo da indústria farmacêutica. E para os apaixonados por PANC, suas raízes, tradicionalmente consumidas como tubérculos possuem o apelido de aspargo. Seu cultivo é

delicado, mas a produção brasileira cresce exponencialmente junto ao consumo de cervejas artesanais.


Quem quiser saber mais sobre o cultivo de lúpulo, chame a querida Moema por aqui: Email: cellesm65@gmail.com

Instagram: @moemaccordeiro

Facebook: moemaccordeiro

Circuito Amparo #circuitoamparooficial


Fotos: Clarissa Taguchi ou Diego Prospe. #PANC #Culinariapanc #L #indexPANC

31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo